domingo, 7 de fevereiro de 2010

Metrônomo como regulador de leitura

(Gostou do artigo? Deixe seu comentário! Quem sabe conseguimos criar um debate interessante sobre esse tema?)

Anteriormente, postei sobre o regulador de leitura. À seguir, veja um novo tipo de regulador de leitura: o metrônomo.

Imagine que você está dirigindo em uma estrada a 100 km por hora. De repente, sua(eu) namorada(o) tampa o velocímetro do carro e lhe pede para desacelerar até que o carro atinja apenas 20 km por hora. A que velocidade você acha que você pararia de desacelerar? Qual seria a velocidade que você julgaria como 20 km/h ?



A maioria das pessoas que realizou essa experiência, pararam a desaceleração quando o carro estava em torno de 40 – 60 km/h! O motivo para esse discrepância é o fato
o cérebro se habitua a um parâmetro a ele apresentado e começa a utilizá-lo para comparar com todas próximas experiências

Um metrônomo é um instrumento que serve para regular os diversos andamentos da música, constituído por um pêndulo que oscila por meio de um motor de rotação horária, onde cada oscilação corresponde a um tempo do compasso musical. Há também metrônomos eletrônicos, em que cada tempo do compasso é indicado pelo piscar de um LED (light-emitting diode) e por um som eletrônico. Ele é muito utilizado por músicos em seus ensaios.

Utilizaremos o metrônomo e o relativismo natural do cérebro para aprimorar a velocidade de leitura. Para isso, utilizaremos cada batida do metrônomo como o guia para a fixação visual durante a leitura. Desta forma, uma regular, estável e suave ritmo de leitura pode ser estabelecido e mantido, e o costumeiro desacelerar na leitura pode ser evitado. Uma vez estabelecido a leitura possível de leitura, o ritmo do metrônomo pode aumentar em uma batida por minuto e aumentar a sua velocidade de leitura. À cada minuto, seu cérebro vai se acostumando com ao novo parâmetro de velocidade e você acaba se acostumando a ler de maneira bem mais rápida.

Uma segunda maneira de se utilizar o metrônomo em seus treinamentos de leitura é o uso da relativismo natural do cérebro. Para utilizarmos esse relativismo, você colocará o metrônomo em uma velocidade absurdamente alta, de forma que você não consiga compreender o texto. Ainda que não consiga compreender o texto ao ler nessa velocidade, tente se acostumar com esse padrão de velocidade e continue fazendo as fixações no ritmo dado pelo metrônomo. Em sguida, você abaixa a velocidade até um ritmo que você consiga compreender o texto. O simples fato de você ter feito diversas fixações visuais em um ritmo mais intenso foi o suficiente para o seu cérebro criar um novo padrão. Assim, ao desacelerar, você se acostumou a uma nova velocidade, que provavelmente é ao menos o dobro da sua velocidade usual de leitura.

Os ganhos obtidos pelo uso do regulador de leitura ou o metrônomo são os mesmos. É importante destacar que cada um deles tem suas vantagens específicas. O regulador de leitura não é capaz de utilizar o o relativismo do cérebro para a aquisição de velocidades mais altas de leitura, mas é mais prático e pode ser utilizado em qualquer lugar. Em contra partida, o metrônomo usa o relativismo do cérebro para aumentar a sua velocidadede leitura, mas é bem menos prático. Assim, os dois possuem suas vantagens e desvantagens: cabe a você decidir qual o melhor contexto para se utilizar cada um deles.

Gostou desse artigo? Não se esqueça de conferir também:

Mitos sobre leitura dinâmica
É possível ler acima de 1000 palavras por minuto?
O regulador de leitura
Origens da leitura dinâmica.

9 comentários:

Rod disse...

Alberto,
Muito interessante mesmo. Até então só tinha usado o regulador de leitura e o metrônomo ajuda a impor mesmo uma velocidade maior. Achei esses 2 metrônomos online, muito bacanas. Segue os sites:

www.metronomeonline.com
a.bestmetronome.com

Abraço,
Rodrigo

Alberto Dell'Isola disse...

Rodrigo, valeu pelas dicas! Continue participando! Abraços!

Anônimo disse...

Pessoal abaixo vários programas metrônomo gratuitos para baixar, em um site totalmente seguro e conceituado:
http://www.baixaki.com.br/cats.asp?l=2&c=331&so=1&ss=1

Alberto conheço seu trabalho, comprei seus livros em uma banca de minha cidade Igarapava interior de SP, pois não tem loja de livro aqui,apesar de demorar muito para chegar aqui), voltando o assunto no curso de leitura dinâmica teve um dia que eu li 900 ppm,em vez de 350 ppm ,que eu estava lendo passei horas exercitando, no dia seguinte não consegui, voltei a 350, não entendi, passou um tempo cheguei a ler 500 ppm,por motivos de falta de tempo e de organizar horarios, parei sem entender o q ocorreu no dia agora voltando aos estudo lendo 150ppm, entendi o q ocorreu, quando eu leio eu subvocalizo, ocorreu sem eu perceber , que não subvocalizei
Abraços t+, e me manda um livro autografado?
maicon.rubao@gmail.com

gigi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gigi disse...

Gigi-adorei memoreba de audio com a valeria na parte constitucional, gostaria de ouvir os audios de direito

Alesson Aguiar disse...

Alberto,
Muito interessante o uso do metrônomo na leitura, ainda não sei o que vai dar no meu caso. Sou músico baterista uso muito bem o metrônomo principalmente quando comecei a estudar música. Minha dúvida quanto ao uso dele na leitura é a seguinte: cada bpm equivale a uma linha de leitura? e o que eu faço com a subvocalização que ainda insiste? posso treinar com metrônomo e ainda tendo a subvocalização ou tenho que eliminar a subvocalização para poder estudar com metrônomo?

Adrielle disse...

bom....no caso em cada batida do metrônomo meus olhos tem q está no final de cada linha??
....eu tentei fazer mas nao conseguie...estava muito rápido coloquei com 40 batidas e msm assim nao compreende o que estava lendo....
eu sei q isso nao é impossivel mais gostaria de entende o que ocorreu comigo...
abraços e obrigada...:)

Heitor/Bruno disse...

Oi..eu queria saber se após eu fazer o curso ou as práticas terei dificuldades permanentes para compreender textos que exigem mais atençao, como por exemplo obras de Freud, e Se é possivel eu estalecer a velocidade rapida de leitura apenas quando me convinher ou quando eu julgar-na necessaria?.........seria perdir demais vcs responderem logo?..se sim, foi mal kkk...desde já agradeço.

Gustavo Garcia disse...

Pra quem tem aparelho android, pode colocar um fone e baixar o app :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...